contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

domingo, 15 de junho de 2008

Calas-me

Deitas sem pudor
E do amor falas.
Calas-me na calada da noite
Com teus beijos indecentes.
E, entre os dentes, sussurras palavras indecorosas,
que, na hora do amor, soam gostosas.

O lençol cai e
nvergonhado.
E sobre o chão fica debruçado.
E teus braços trazem meu corpo de encontro ao teu.
Bem apertado!
É hora do amor no
entrelaçado.

2 comentários:

Anônimo disse...

UHUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU.......
TÁ ANIMADINHA, HEIN? COISA BOA, DIDI!!!!!!! LEGAL TE VER ASSIM!
BEIJOS, ANA.

Gataláxia disse...

É hoje que a terra vai tremer moçada... aaaTCHIMMMMMMM!!!