contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

terça-feira, 1 de julho de 2008

Graças pela vida

Tive momentos de ansiedade e amargura.
Tentei entender a insanidade.
E quase entrei na loucura.

Nada mais me angustia. Nada mais!
Só não entendo o porquê, assim, eu vivi.
E por que não enlouqueci.

O dia amanhece

E, hoje, eu sinto vontade de respirá-lo inteiro.
A cada segundo, de janeiro a janeiro.
Anoitece

E sinto que não quero dormir.
Porque eu quero viver a noite, a madrugada.
Se pudesse, eu ficaria sempre,
desfrutando da vida.
Acordada!

Às vezes penso no mal, que a vida poderia ter me causado.
... Se eu tivesse deixado!
O amor que sinto por mim, fez-me assim.
Protegi-me!

Agradeço as misérias mentais vividas.
As misérias mentais a mim impostas.
Talvez a vida, tenha tido esta proposta.
E, assim, devo agradecê-la.
E por tanto amá-la e querê-la, eu estou aqui.

Agradeço as lágrimas que, tanto, me aliviaram.
As angustiantes noites e madrugadas que me acompanharam.
Agradeço a mais profunda angústia vivida.
Agradeço a minha vida!

Não tenho mágoas e nem sou toda perdão.
Também não entendo a quê eu fui submetida.
Não importa!
Agradeço a vida.

3 comentários:

Anônimo disse...

É mesmo isso tudo a sua vida: uma pressa, uma inquietação de viver tudo ao mesmo tempo e não perder nada. As angústias............. é melhor deixar pra lá, todos temos que enfrentá-las , fazer o quê???
Beijos e saudades, Ana.

Anônimo disse...

A vantagem da maturidade é isto: a consciência em entender que a vida nos pregou peças, mas que, apesar delas e graças a elas, nós crescemos e nos tornamos melhores.
E diferente não poderia ser. Em maior ou menor grau, as provações são uma certeza. Os de boa têmpera não se partem. Os fracos, se sentem arrasados e maldizem a sorte.
Anacleto Meirelles

Gataláxia disse...

Nossa Sr.Anacleto, ressuscitou?
Graças a Deus, está vivo!
Obrigada, volte sempre.
A Maraláxia agradece.