contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

sexta-feira, 18 de junho de 2010

José Saramago

O escritor português e Prêmio Nobel José Saramago, de 87 anos, morreu na Espanha, na ilha de Lanzarote, onde se refugiou desiludido pela censura da qual foi vítima nos anos 90. O desencontro de Saramago com seu país natal se desencadeou com as reações à publicação do "Evangelho", um livro injuriado por políticos e intelectuais católicos lusos e até pelo Vaticano( Êta Vaticano e religião que distorce...)

Desejo que o mundo lhe pareça explicado definitivamente.
E que entre para o reino que era descrente
Com a serenidade dos imortais.
Se, esse reino existe ou não ...
Não importa!
Suas palavras não ficarão mortas.
jamais!
Nesta ilha habitada por nós.
Com carinho
Fátima
E toda Maraláxia.

2 comentários:

Henrique Pedro disse...

Uma figura maior das letras, sem dúvida, ou não seja o primeiro, e único, prémio Nobel da Língua Portuguesa, muito embora outra hajam merecido tal distinção (Jorge Amado, por exemplo).
Apesar de não simpatizar com o seu estilo e menos ainda com o seu ideário (quem sou eu?) curvo-me, na hora da sua morte, ante a sua dimensão literária e histórica.
Os meus aplausos para o seu texto.

Beijinho com votos de uma semana feliz.

hesseherre disse...

O segundo premio Nobel da lingua portuguesa pertence adredemente a Lulla, no seu ideário para eleger a Dilma Charuto....brincadeira.
José Saramago era figura marcante, discutida por muitos, polêmico nas suas ideias, até o Vaticano contra ele, mas temos de repeita-las, mesmo tendo ele se ido.