contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Doce Olívia

As fotos da capela Sistina eu estava olhando
e da Sra. eu fui lembrando.
Quando Michelangelo retrata a visão do inferno
em uma cena dos pescadores.
Também pecadores, eu não sei.
E Caronte, o barqueiro da Divina Comédia de Dante,
empurra-os ao fogo eterno.
Senti um arrepio, até um calafrio.
Não!
A Sra. não poderia estar lá.
Estragaria toda aquela beleza, com certeza!
Não sei se é uma pecadora.
E juro que eu não acredito que capaz, de tanto, fosse.
E nem creio que mereça o fogo eterno,
já viveu e vive em seu criado inferno.
Também não sei se é maldade sua ou doença.
E nesta minha incerteza ou crença...
Peço que me esqueça!
Antes que o fogo do inferno também me aqueça.
Em minha vida eu nunca tive inimizade
e, agora, nesta minha idade...
a Sra. permite algo, até então, em mim desconhecido.
Dói como se fosse uma chaga em um ser ferido.
Peço a Deus que é todo poderoso...
Que me envolva em um abraço forte e gostoso
e à Sra Ele me leve!
E em um gesto breve eu estenda a minha mão.
Por mais uma vez, se necessário.
Que a coloque em um santuário.
E que não transforme as suas ofensas
em minhas reais crenças:
de que o céu persiste
mas, o inferno, aqui, existe.

3 comentários:

Anônimo disse...

Didi, por acaso vc está se referindo à versão humana da minha cachorrinha KIKA ? HAHAHAHHAHAHA....
beijos, Ana.

Gataláxia disse...

YESSSSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!
Milhões de Rs.Rs.Rs.
ou KKKs pra vc!
Menina inteligente,genteee.
Bjs

Anônimo disse...

Pátma, adorei. Parebéns pelo seu blog. Abraços, Vera (de Brasília).