contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

quinta-feira, 3 de abril de 2008

O sol

O sol se oculta no horizonte.
Leva com ele o matiz das cores mais vibrantes.
E eu caminho, por acaso, neste ocaso
Nestes matizes, em ocasionais crises.

No processo inverso, o sol nasce em outra direção.
E, vestindo cores amenas, torna a vida mais serena.
Com sua luminosidade crescente, anuncia o novo dia.
Devolve a esperança, contagia em alegria.

E, assim, acontece sucessivamente.
É um leva e traz do estar contente.
O sol aparece, passa o dia e se esconde.
Leva a alegria, não sei bem, nem sei pra onde.

Pensei em ilusão de ótica, talvez fosse.
Mas, que momento triste e doce...
Quando ele posta, grandioso no horizonte.
Leva - me a um lugar muito... muito distante!

Em um lugar...
que eu nem sei se existe mais.
Em um lugar...
onde, um dia, eu encontrei paz.

2 comentários:

Anônimo disse...

Vc nem parece a mesma pessoa que mandou aquele email do Chico Jumento. Deus me livre, o que era aquilo?
Beijos, Ana

Gataláxia disse...

Sabe aquela velha história, metade seriedade e metade bobeira? Pois é... Parte da metade bobeira. Bjs relinchantes da Maraláxia