contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Peso pesado



Como se um terremoto
a terra abalasse.
E prédios inteiros
desmoronassem.

Tamanho peso sobre os ombros!

Sob os escombros
difícil manter-se vivo.
Há toneladas de concretos a remover.

Nem mais um gemido.
Está tudo perdido.
Aceitar
Morrer.

7 comentários:

Anônimo disse...

Credo.... que foto feia!
Só vc que tá bonitinha, Didi!!!!
Beijos.

Melanie B. disse...

Palavras fortes como a imagem!!!
Depois dessa eu sigo!! rs
Obrigada pelo comentario linda!!
Fique a vontade quanto a visitas!!

bjoooOoOOoOOOo'

hesseherre disse...

Comentar pra que se v. deleta os coments que não lhe caem bem?

Fátima disse...

Ana, minha, quase, imagem e semelhança. Rs. Rs.
Sempre, obrigada!

Melaine!
Você é a primeira a me seguir?
Bem -vinda à loucura.
CONCORRERÁ A UM PRÊMIO!
Obrigada!

Sr.hesseherre... Sempre amável em seus comentários.
Obrigada pela visita!
Vou comentar lá na Casa da çogra. Com Ç sim senhor!
Não delete, por favor!
Deixe de bobagem sr. hesseherre, comentários são bem-vindos.
Com carinho
da Maraláxia

hesseherre disse...

TIRA AQUELE PETISTA SARNENTO DO POST

Nilson Barcelli disse...

Morrer?
Nem pense...
Há pesos pesados bem mais leves do que se pensa à primeira vista.
Beijos, querida amiga Fátima.

Fátima disse...

As vezes andamos com tamanha pressão.
Que o próprio chão
parece não nos sustentar.
Tamanho peso, tamanho medo.
Difícil, até, o nosso caminhar.
Morrer?
Claro, nem pensar!
"A gente aguenta, afunda o chão."
Nem se for para enlouquecer.
E em poemas morrer.