contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Seus passos em meus passos


Na academia
A alegria em meu rosto
Os movimentos em meu corpo
E o espelho a me mirar.

Na calçada
suas pernas tão cansadas...
Inertes!
De tanto, por nós, caminhar.

Somos parte de seu cansaço.
Venha comigo.
Dou-lhe meus passos.
Venha... Nesse espelho milagrar.

6 comentários:

Anônimo disse...

Tia,
que lindo! Vc tem tanta sensibilidade.... e consegue conectar assuntos aparentemente sem ligação nenhuma! Adoro! Parabéns.... por isso sou fã do Maraláxia, ele alimenta minha vida tb!
Beijos.....
Ana.

Fátima disse...

E, assim, alimentamos a nossa alma.
Tão pura...
Tão louca...
Incalma.
Conectados ao que há de melhor no mundo:
Bons sentimentos.
Até soprar o vento
E pluft...
Voar no ar...
Como uma bolinha de sabão
o nosso pobre coração.
Bjs
Com carinho
Didiláxia

"quicas" (joaquim do carmo) disse...

Cheio de ternura este convite a "milagrar"... milagre, sim, as palvras vivas contra a inércia, a generosidade contra a avareza!
Beijinho e obrigado pela sua visita

hesseherre disse...

Lembrei daquela história em que o homem apostrofava Jesus dizendo que ele O invocava quando caminhava na areia e de repente só haviam duas pegadas, fora abandonado...
E Jesus respondeu "É que naqueles momentos eu te carregava nas costas..."
Lindo este post Fá.

Fátima disse...

Pois é, sinto o peso da velhice apenas por vê-la assim:
Tão triste...
Tão inerte.
Sinto em meu corpo o vigor da idade.
Sinto saudade desses passos em meu encalço.
Meu e de meus irmãos!
E meu coração fica partido.
Realço essa cor tão triste
Porque já foi o melhor colorido.
A vida é meio esquisita.
Eu não entendo o final.
Gostaria que terminasse os dias de forma normal.
Caminhando.
Confesso, sou covarde!
Tenho medo, é verdade, do fim!
Que Deus tenha piedade de mim
e me leve de repente,
para que lembrem o meu contente.
O meu andar tão apressado.
O meu corpo no espelho mirado.
A minha doce loucura.
E que na minha sepultura riem de meus versos
E do meu reverso falem do amor.
E depositem uma única flor:
ROSA DE FÁTIMA

Anônimo disse...

MANAFÁ
SÓ ISSO: ASSINO EMBAIXO . SÃO MEUS OS TEUS SENTIMENTOS!
MANOTÓ