contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

domingo, 19 de dezembro de 2010

Velhice




Quando eu ficar velhinha,
não quero que fujam as palavras
nem que as pernas me descanse.
Quero que elas me canse
de tanto caminhar.
E quando chegar a hora
de eu ir embora
elas possam me levar.

5 comentários:

Anônimo disse...

Ai que saudade delas!!!!!
Ai que saudade daqueles natais todos juntos, felizes....
Ai que saudade daquele tempo que passou!!!
Beijos,
Ana.

Fátima disse...

Queremos pêssegos... Nectarina!!!
Rs.Rs

Valter Montani disse...

Fátima

BOAS FESTAS PARA VOCÊ, AMIGOS, FAMILIARES E UM 2011 REPLETO DE REALIZAÇÕES, QUE NÃO LHE FALTE SAÚDE E PAZ!

Nilson Barcelli disse...

Fátima, não vais ficar velha nunca...
Eu também não... só depois do 120 anos...
Querida amiga, desejo-te um Natal muito feliz.
Beijos.

M. disse...

Estou a ver que temos pontes em comun...Tanbém escrevi sobre este tema (velho estorvo).

Gostei de ver o teu blog. Tenho sempre curiosidade em espreitar quem me comenta (forma de me aferir...). O seu valor. Hoje fiquei com a auto-estima em alta...lol