contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

quarta-feira, 20 de junho de 2007

A morte, uma aquarela

Cada vez mais, assusto-me com o noticiário.
Mais e mais, dentistas são assaltados e mortos em consultórios.
Lembro-me sempre, quando leio estas notícias, de um amigo meu, assaltado em seu consultório e preso no banheiro do mesmo.
O bandido pediu que, ele aguardasse duas horas e só então saísse. Ele aflito, argumentou que o mesmo devolvesse o seu relógio, pois não poderia cronometrar o tempo, pra sair de lá e gritar por socorro.
Levou um tiro na perna e ficou sem o seu " falso Rolex ".
É... É isso aí! Nem trabalhar e nem usar coisas possíveis, nós podemos.
Medo, muito medo!
Mas, agora eu não terei mais medo.
Estava lendo que, agora cemitérios investem em academias, restaurantes, etc. e etc.
Desfiles de cães, aulas de observação de pássaros, concertos de jazz aos domingos, brunches com chefes de cozinha famosos, festas de Dia das Bruxas no crematório e até mesmo um calendário de nus.
Agora, se assaltada e morta, poderei manter e desfilar meu lindo esqueleto. Lá, deliciarei os mais exóticos jantares.
Degustarei deliciosos vinhos e deles embebedar-me-ei. Dançarei as mais belas músicas.
Emitirei fabulosos sons com minha dança. Tilintarei um doce e frenético rebolado.
E ao som de um violino, tilintarei baixinho a outros ossos. Juntinho, só pra me aquecer. Mas, dançarei!
Depois, cansada de tanta farra, repousarei no sono dos justos.
Acordarei ao som de uma seresta, e nesta festa, farei meu desjejum.
Depois, exercícios ou uma bela caminhada com a Julie.
Interessante isso!
Acho que trabalhar e pagar tributos a nós impostos é muito bom, e morrer... Muito melhor!
Não importa o perigo ou a nossa desproteção.
A vida é bela!
Mas, a morte... deve ser uma aquarela!

http://www1.folha.uol.com.br/folha/dimenstein/cbn/capital_310507b.shtml

3 comentários:

Anônimo disse...

EU TENHO MEDO DE PENSAR O QUE VC VAI APRONTAR MESMO DEPOIS DE MORTA. ACHO QUE NEM LÁ VC VAI DAR SOSSEGO.E VAI SER LINDO O SEU ESQUELETINHO PASSEANDO COM A JULIE. TIA, NÃO ESCREVE TUDO QUE VEM À SUA CABEÇA QUE ESSE SEU BLOG VAI DEIXAR MUITA GENTE QUE É CERTA , MALUCA. BEIJO, ANA

Gataláxia disse...

E é isso mesmo que eu quero, quem sabe um pouco de "maluquice" deixe as pessoas melhores.Bjssssssssss

Anônimo disse...

...coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente. Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso. Daí viver num asilo, até ser chutado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então você trabalha 40 anos até ficar novo o bastante pra poder aproveitar sua aposentadoria.Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara pra faculdade. Você vai pro colégio, tem vários namorados, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses de vida flutuando. E termina tudo com um ótimo orgasmo! Não seria perfeito?

Charles Chaplin

FATIMA AMEII!! marina biella