contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Chuva rosa



Chove e a chuva me envolve.
Magicamente, ela me leva a um lugar
Onde, ainda, lembro e sinto o cheiro
daquela terra molhada.
Que se desfazia em barro,
a escorregar pela calçada.

E a enxurrada...
desembocava em um riacho.
E, hoje, acho que ouço a sua voz,
enérgica e brincalhona.
Corajosa!
Cuidado com a enchente!
- Dizia a mamãe Rosa.

E a chuva caía...
e a gente se escondia no perigo.
Não havia abrigo para a molecada.
Que, na chuvarada, brincava nas águas sujas da enxurrada.

Saudades dessa chuva envolvente.
Hoje, no mormaço quente
do asfalto, ainda, sinto o cheiro bom da nossa terra molhada.
Agora a chuva cai.
Fico calada!
Sei que, nela, você está.

Seja em forma de gotas milagrosas...
Seja como um anjo...
Como Rosa...
Eu sinto a sua presença!

Sei que, nela, está a me falar de amor, perdão...
Nada de mágoas!
E, nessas águas, envolvida por você eu vou.
Para sempre.
Com o seu amor.

2 comentários:

Anônimo disse...

Gatarosa,
vovó Rosa está em forma de gotas de amor na nossa vida !!!!!!!!!!!!!
Bendita chuva, que refresca e encanta! Beijos com saudades,
SobrinhANA!!!!!!

Gataláxia disse...

Estou de saída para o encontro de turma.
Toda gataRosa! Beijos