contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Dia de campo

Em um lugar lindo... elevado!
Entrecortado por verdes vales
Nele, encaixado.
Trago guardado, em minha memória, maluquices!
Das nossas risadas... criancices!
Boas lembranças de um dia de campo.

Sei lá, quais foram as suas expectativas.
Se movido pelo encanto desse lugar,
de, tantas, promessas...
Sem pressa, mas inteligente.
Em um mundo diferente, você pôs-se a aventurar.
Corajoso, saiu do pequeno lugar!
Deixou um canto pequeno
E em outro plano terreno...
Sonhos seus, talvez, a concretizar.

Engraçado...
Ou, das graças da mamãe o provedor.
O produtor do feijão nosso de cada dia.
E, hoje, no seu dia... Mais um dia de campo!
E eu fico, aqui, no meu canto .... Sozinha!
Opção minha. Vôo a um lugar alto
Nesse planalto eu, também, posso voar
... Sonho!
Por isso eu fiquei.
Preciso trabalhar!

Acredito que, ainda, tenho bons motivos para sonhar.
Quero estar com você o ano que vem
Não conte para o Lindo, para ninguém!
Esse é um sonho meu.
Seu aniversário, ano que vem no Leste Europeu!
Vamos?
Fechado!

Zéca parabéns!
Saudades do ano passado: Buda’s bar...
Valeu! E, o Lindo perdeu
... Azar!
Posso confessar uma coisa?
Acho que, hoje, vou chorar.
( Estou chorando! )

2 comentários:

Anônimo disse...

Ah Didi, que lindo... ele vai ficar feliz com sua lembrança e seu texto tão lindo! Vc fez muita falta, queria que vc estivesse aqui, mas não tem problema... no ano novo comemoraremos em dobro nossa alegria por estarmos todos juntos! Beijos e saudades, Ana.

Gataláxia disse...

Também quis estar aí. Bjs...