contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Árvores fortes

Minhas mães
São árvores fortes.
Aroeiras!

Cujas copas acolhedoras.
Tão sombreiras.
Frutos maduros ainda sustentam.

Eu não sei
como ainda aguentam.
Eu não sei.

2 comentários:

Mariazita disse...

Querida amiga
Queria ter vindo mais cedo mas a semana passada não estive muito bem de saúde. Uma conjuntivite e rinite, ambas alérgicas, impediram-me de estar muito tempo no pc.
Mas não esqueci vc não, viu? :)

Seu poema é muito bonito e profundo.
"Eu não sei como ainda aguentam" - Não sabe mesmo?
São mãos de mulher...aguentam muito!!!
A Mulher tem tanta força escondida que muitas vezes nem ela mesma se apercebe.

Uma semana feliz.

Beijinhos

JADY*ALVES disse...

Olá Fatima!
A árvore é também uma Mulher, e seu destino é amparar...
Por essa razão Deus lhe deu a Força, lhe deu os braços pra amparar, lhe deu os frutos pra alimentar, lhe deu a sombra e seu frescor pra aliviarem o cansaço dos tantos filhos passantes pela vida...
Muito lindo tudo aqui.
Tentei entrar antes e não estava conseguindo a pagina estava bloqueada, entrei através do blog da nossa amiga Mariazita.
Agradeço a tua visita ao meu blog e fico feliz em te-la como amiga. Deixo um beijo carinhoso e meu abraço terno.
Jady