contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

terça-feira, 31 de maio de 2011

Inacessível chão


Sentir o vento nas pernas
levantando a saia.
Sob os pés, na praia,
a areia grossa, molhada.

E a assanhada brisa insistindo...
E o cabelo se abrindo
como se quisesse voar
e na face mostrar
as marcas do tempo.

Viajar, em sonhos, distante...
Como se, por um instante,
pudesse saborear o risoto de camarão.
Ignorar o coentro, salpicar cheiro verde
e degustar um vinho branco.
Depois, ainda à mesa, a sobremesa:
doce de abóbora com nozes e requeijão.

Sentar no chão, acender a lareira...
E, de brincadeira, jogar com as palavras.
E vê- las voando... jogando... voando...
Dançando... jogando... voando...
Dançando...
Dançando...
como dançam os pensamentos.

E correr contra o tempo... a favor do vento!
Sentir a brisa no rosto.
Sentir nos lábios o gosto
e ver o azul do céu
em um prato azul florido.

E, ao simples tato,
desabotoar o vestido...
e morrer de paixão...
Ali, mesmo!!!
... no chão.

13 comentários:

ONG ALERTA disse...

Náo importa aonde, apenas ame...beijo Lisette.

M. disse...

No chão ou onde apetecer...
Diz lá que não deveria ser assim?

Faz-amor às escondidas e guerras às claras...

Está tudo mal...lol

Fátima disse...

Está tudo bem!!!

hesseherre disse...

Não sei onde o casamento foi mais feliz: da poesia de Pessoa com a voz de Bethania, se as imagens que a sucedem, se a tua poesia desbravada, impetuosa, valendo tudo nesta inspiração, até bolinho de camarão....
Fazer amor aí já é sobremesa para um espírito por demais saturado. De beleza.

Luís Coelho disse...

Há...mas que grande paixão....
A brisa da praia levantou-lhe a saia
Transformou-se em vento e arrumou os pensamentos.
Depois, ali à lareira e na brincadeira dançaram ao vento as palavras amáveis..........

C. disse...

Mesmo com aquela notícia que Bethania fez o blog cobrando zilhoes (ridídulo isso), nao tiro o mérito da sua voz.

Beijinhos malinha florida :-)
da mala Louis Vitton


kkk

Fátima disse...

Czinha!!!
E eu sou a mala LOUIS VITTON?
Chic, né?
Estou toda me achando...Rs Rs
Está ficando muito legal suas postagens em relação
aos " malas "
Rs rs
Bjssssssssssssss
Fátima- a mala!
A super mala florida
LOUIS VITTON

afonso rocha disse...

Fátima Marchi...Mala de Mérito!
Poema/Vídeo...Casamento perfeito

Que o vento e brisa nunca deixe de rodeá-la...para deleite de nós todos...

beijo

afonso rocha

C. disse...

Claro que é você num é!

Beijinhos flor-zita!

Álvaro Lins disse...

No chão... ou seja onde for!
Bjo

Mariazita disse...

Boa tarde, Fátima
Este vídeo é maravilhoso! Já o publiquei no meu post, faz tempo. Vejo-o e ouço-o sempre com agrado renovado.

O poema é... delicioso.
Começando pela brisa do mar levantando a saia, passando pelo requeijão com doce de abóbora e nozes (nham, nham...), e terminando com uma amor fogoso ao calor da lareira, é um belo poema.

Bom resto de semana. Beijinhos

Rosinha disse...

Como sempre você me surprende...
Querida não sei se já viu, mas o meu blog está a funcionar, pois tenho recebido comentarios. Beijinhos grandes*

Roy disse...

Gostei de todas as brisas desse poema.

Beijos

Roy