contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

terça-feira, 24 de maio de 2011

A vingança da cebola


Ela cansou de ser tempero...
Entrou em desespero e pos-se a rebelar.
Organizou um encontro com mais cebolas,
cujas cascas devassas faziam escorregar.

Esperaram passar um homem.
Agitaram as folhas escamiformes
e, escada abaixo, deixaram ele rolar.
Riram... enquanto ele chorava...

De braços, pernas, olho disforme
ficou o pobre homem no chão estendido.
Perguntavam se ele havia bebido
e, enfurecido, ele tentava explicar:

Foi a casca da cebola...
que me fez escorregar ...
Foi a casca da cebola...
que quis me matar!


Imagem do Google images

3 comentários:

C. disse...

Hehe composição perfeita de imagem e texto!
Já pensou se cansássemos de ser mulher e saíssemos matando também? rsss

Só me admira alguém fazer um poema tao doce de uma cebola homicida :-)

A. Jorge disse...

É verdade! Até de uma cebola consegues extrair o belo!

Beijos

Jorge

hesseherre disse...

E se extraisses do ALHO o que tem de mais belo? Não? Mamãe não deixa? BUÁÁÁ