contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

sábado, 17 de maio de 2008

Não era anjo...

Mas, não era anjo.
Não sei se era lobo ou louco.
Como lobo, uivava.
Como louco, sorria.
Ora aparecia e por mim babava
Ora sumia.

Vesti-me de louca e de ovelha.
Vestida de ovelha, escondida, eu o observava.
Vestida de louca , por ele, eu também babava.
E, também, sorria.
Ora eu aparecia...
Ora eu sumia.

Até que um dia,
sei lá, se lobo ou ovelha.
Se anjos ou loucos.
Momentos poucos de lucidez.
Pensei de vez:
Chega desta loucura!
Anjos não mais existem!
E se, ainda, loucos persistem.
Que, um deles, seja eu.

E, pensando bem:
Se, este normal, como louco fez.
Se... vestiu-se de lobo uma vez.
Acho que não é nenhum dos três:
Nem anjo, nem louco, nem lobo.
É bobo!

2 comentários:

Anônimo disse...

Didi, legal o texto...
será que é bobo mesmo?????????????
Beijos, Ana.

Gataláxia disse...

PARABÉNS MENINA!
Hoje a terra amanheceu em festa.
É seu aniversário!
Bjs da titia mais amada.
Rs. Rs.
Didiláxia