contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

segunda-feira, 11 de abril de 2011

A rosa e a pedra


Esta pedra vem de uma pedreira
de pedras irregulares.
Muito dura de ser lapidada...
Complicada a escultura!
Mesmo assim ela tentou.
As mãos machucadas sangraram.
Ela sangrou inteira!
Voltou na pedreira
e percebeu o que não havia percebido
quando se apaixonou por aquela pedra.
Todas as pedras eram assim,
não havia distinção, elas eram do mesmo bloco.
O que Michelângelo havia dito ela sabia...
E por isso ela tentava tirar da pedra o que podia.
Acreditava que dentro dela
algo belo se escondia.
Foram dias, meses, anos.
Puta engano!
pedra
pedrA
pedRA
peDRA
pEDRA
PEDRA!


E pensa que ela desistiu?
... persistente!
Ainda tenta salvar toda a pedreira dos acidentes
da natureza.
E para dar beleza aquele lugar frio
se (im) plantou lá inteira.
Coisa linda está a roseira!
no meio daquelas pedras frias,
tristes.

Com carinho de uma flor
Rosa de Fátima

10 comentários:

hesseherre disse...

Tão frágil a quase creatura rosa, querendo defender alguma coisa tão sólida e protegida quando não encontra o gênio de um Michelangelo.
lindA
linDA
liNDA
lINDA
LINDA!

Fátima disse...

Esse escrever sentindo me fascina.
Ainda por cima vêm os comentários,
também fascinantes!
O que parecia difícil
ou triste passa a ser engraçado.
Rs Rs
Obrigada, Dr Sérgio!

Com carinho
Rosa de Fátima

orespirardopensamento.blogspot.com disse...

Basta uma flor
uma só
no meio

de massas informes de pedra
no cimo da jazida
cinzenta

Basta uma flor
uma só
iluminar

com seu encanto
e persistência
um só bloco

Basta uma flor
uma só
para transformá-lo

no melhor
diamante
por lapidar

Basta uma flor
uma só
esculpir

com seu carater puro
qual Miguel Ângelo
....................
e surgir como por magia
outra flor
ainda mais bela
diamantada.

Consta nos anais de biologia que foi o local da Terra onde surgiram as flores mais nobres. Quando da sua génese era uma pedreira inóspida, transformou-se no mais belo jardim de flores em forma de diamante.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

quem é poeta faz da pedra poesia

Fátima disse...

Meu amigo, brinco de poesia apenas.
O engraçado é que um poema leva à outro, de um comentário surge um poema.
Olhe, quantos poemas comentários!
Vocês têm razão:
À pedra devo agradecer.
A pedreira há de florescer ainda mais
se é que "consta nos anais,
de biologia, que foi o local da Terra onde surgiram as flores mais nobres."

Bom dia!
Com muitos sorrisos
e uma flor para todos vcs
que aqui vêm!
Com carinho
Rosa de Fátima

hesseherre disse...

És a porta pela qual passamos
para teu mundo - coisa tão delicada
sustentada nos soluços doridos
de uma canção ainda não composta
mas que será!
A tua perfeição não demora
quem viver verá...

Fátima disse...

Meu Deus...
Obrigada!

Com carinho
Fátima
( até engoli a flor do nome )
Rs. rs

C. disse...

Eu jurava tinha feito um coment aqui... ué...

Fátima disse...

Rs...
Foi na postagem anterior...
Olhe, lá, é que a foto é parecida...
O seu comentário está na postagem
PEDRA PEDRA.

" Uma boa metáfora para dizermos que tem gente assim também, ô, se tem! Você tenta de todo jeito encontrar algo de bom, mas a cada dia vê que a pessoa só está nesse mundo à passeio, nada de bom absorveu, nem a vida para lapidá-la!

9 de abril de 2011 06:08 "

Viu?
Um beijo.



Obrigada, minha querida.
Com carinho
rosa de Fátima

A. Jorge disse...

Fantástico!

Beijos

Jorge

http://escarniosmaldizeres.blogspot.com/