contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Modinha da Rosa



Era uma Rosa na janela.
Uma Rosa, tão, pequena...
Que na certeza dos seus sonhos...
Sempre foi Rosa serena.

Se pudesse eu rolaria.
Eu rolaria a mesma cena.
Resgataria essa menina
Mais uma vez essa pequena.

Como o vento delicado, eu voaria na janela.
Para soprar o seu vestido e chegar bem perto dela.
Tocar sua pele macia e vê-la corar toda singela.
Só para recordar o verdadeiro sentido,
do esvoaçante vestido de retalhos.
Só para dar a ela mais caminhos.
Mostrar a ela mais atalhos.

Ah... se eu pudesse!
Se eu pudesse eu rolaria, eu rolaria a mesma cena.
E a Rosa, tão pequena, eu cresceria sem mazela.
Nem se fosse para deixá-la e
nfeitando uma janela.

Essa Rosa, a pequena, cresceu toda, ainda, singela.
E quando olha no etéreo encontra, ainda muitos, traços dela.
Nesse olho que sorri e nessa fala, tão, sem trela.
É a mesma Rosa que cresceu e que, ainda, sonha na janela.

Ah... rosa Rosa, entre as flores, a mais bela!

9 comentários:

Anônimo disse...

PARABÉNS!!!

GOSTAMOS MUUUUITO!!!

GUILHERME
E MANOTÓ

Anônimo disse...

PARABÉNS!

OS TEUS DONS ESTÃO AFLORANDO, ISTO É, COMBINANDO COM A FLOR (ROSA NA JANELA)
A MELHOR CUNHADA DO MUNDO

NIÇOCA

Anônimo disse...

MANAFA

OBRIGADO PELO PRESENTE!
ACABO DE ENTRAR NO DIA DO MEU ANIVERSÁRIO E NADA MAIS QUE ESSA MÚSICA MARAVILHOSA DO SERGIO BITTENCOURT QUE TANTO GOSTO E CANTO!

OBRIGADO!
MANOTÓ

Gataláxia disse...

Parabéns Toninho! Em sua vida nunca estará sozinho.Sabe por que?
Porque nós amamos você!
Parabéns! Deus o abençõe sempre!
Com carinho- R.F

Anônimo disse...

Ai que legal, Didi... todo mundo deixando comentários...
É lindo o texto e a foto tb, uma gracinha!
Beijos a todos, Ana.

Anônimo disse...

Teu blog continua liiiiiiiiiindo...
SR

Anônimo disse...

"É a mesma Rosa que cresceu e que,ainda,sonha na janela.
Ah...rosa,Rosa,entre as flores,a mais bela! "

Linda Fáá!! :)
Cda vez seus poemas mais lindos!
Beijos!

Anônimo disse...

Rosa, minha Rosinha, seus poemas estão lindos,Rosa na janela,Dona
Rosa(que saudades de seus tempos em nosso convivio) esta no jardim, é.....recordar é viver.Sabes quem sou? kkkkkk

Gataláxia disse...

Bem, pelo comentário: " Dona Rosa(que saudades de seus tempos em nosso convívio)" referindo-se à ROSA MÃE, minha mãe, creio ser a Cristina, acertei?
Bom vê-la por aqui, obrigada.
RF