contador

Hits Since February 12, 2007!

Free Hit Counter by Pliner.Net

Tradutor

Seguidores

domingo, 19 de agosto de 2007

Minha amiga...

Olha eu... light!
Olha o que a vida, ainda, nos trouxe:
ALGODÃO DOCE !

Minha amiga...
Tão amiga, que me chama de Mami.
Talvez, por tê-la, um pouco, segurado.
Abraçado quando... eu nem sei.
Abracei, segurei,
e com ela, muito chorei.
Gostaria de, nunca, tê-lo feito.
E eu nem sei se... fiz isto, direito.
Ontem a vi comemorar.
Não teve como, não me emocionar.
Chorei e dancei tanto...
Pra voltar o riso e esquecer o pranto.
Que fosse eterno aquele momento.
Mas, nada é eterno.
Nem a alegria, nem o sofrimento.
Oitenta anos, de seu pai!
O importante não é, só, ter vivido.
É realmente ter sido!
E é o que o seu pai foi e continua sendo.
Dignamente viveu e continua vivendo.
O que ele fez?
Vocês bem sabem, a cidade toda sabe!
Não é apenas um homem, é um grande Homem.
Um médico exemplar, um marido e pai amoroso.
Um sorriso gostoso, glorioso!
Bom, ao seu lado, estar.
Muito bom, com vocês ontem, comemorar.
Fiquei emocionada e muito feliz!
Minha amiga, um pouco filha, Lis.
Parabéns a vocês!

6 comentários:

Anônimo disse...

Well mami voce me fez chorar...me emocionei com suas palavras tão verdadeiras...sim minha grande, melhor amiga desse mundo infelizmente choramos muito juntas mas seu"colo" nunca me faltou...e sempre aparece como se voce sentisse que naquele momento"preciso"de voce...e ontem sua presença foi essencial para que toda aquela comemoração tivesse sentido,fosse perfeita para mim.Também já rimos muito dessa vida doida,as vezes incompreensível que levamos e temos algo muito forte em comum,nosso alicerce,nossos hoje velhinhos lindos e exemplos dos mais belos seres humanos que conhecemos.Amo voce///LIS

Anônimo disse...

Admiro muito vc mulher!!
Lindo o seu poema de hj,não tem como não se emocionar!Obrigada pelo carinho que tem pela minha mãe...fico muito FELIZ de ver isso!

Um grande beijo Fá!Vc é ESPECIAL

Karis

Anônimo disse...

Didi, que lindo ... vc é uma grande amiga mesmo, de todos nós!!!Parabéns pelo seu poema... beijos, Ana.

Anônimo disse...

Rorosa, pinçei esta frase: "o importante, não é só ter vivido. É realmente, ter sido". Sim, pq viver por viver...
Não conheço o seu amigo, mas valeu pela frase.

Gataláxia disse...

Ai meu Deus!!!
Agora sou Rorosa de Fátima.
Tá bom, quer saber quem eu sou? Mesmo?
Sou Arafátima, da faixa de gases.

Anônimo disse...

Linda homenagem a sua amiga...pois é rosa da Maraláxia a vida realmente feliz é feita com grandes e verdadeiros amigos...vcs tiveram momentos de tristezas mas essa amizade tão especial parece ser uma grande força p/ ambas nas superações que a vida impõe...puro coração PXSac